TRENDS 2009 Think big – SMALL is beautifull

É a história da humanidade: todas as grandes tendências dão origem a “contra tendências”.
Num mundo cada vez mais globalizado (e globalizante) o indivíduo refugia-se no conforto de uma certa “ideia de costumização” (no futuro haverá cada vez mais produtos de que poucos gostam MUITO, mas disso falaremos num outro post…).
A resposta a negócios assentes numa “lógica de escala”, com margens esmagadas, passa pelas “especialidades”. Estas são boas notícias para Portugal: sem dimensão para concorrer em negócios de grande escala, esta tendência (rentável) é à nossa medida: desde que devidamente enquadrado com Marcas fortes e em estados de necessidades relevantes para os consumidores – enquanto país a resposta ao “affoardable luxury” deverá ser a tendência com maior potencial de desenvolvimento…
Mas a tendência Small encontra-se por todo o lado:
Os budgets de marketing estão mais pequenos. Os passos para chegar ao consumidor também são mais pequenos: divulgação B2C, informação e compras on-line... maior segmentação e mercados cada vez mais pequenos.
Mais pequenos os formatos de produção de conteúdos (do Web site de marca ao pop up de funcionalidades…). Menor o “time to market”…
Maior, só mesmo a PROXIMIDADE

4 comentários:

jorge-eo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
jorge-eo disse...

Está bem pensado! Tudo global, tudo à porta - salva-se o q é local! E viva o pastel de nata! (e agora com um café, dois!)

jorge

rui disse...

Viva o pastel de nata!

Rui

Bemequer disse...

Jorge e Rui:

http://confrariadopasteldenata.ning.com/

*'s e bons pasteis de nata!

m