O quê? só Bom - ? Até ao fim do ano sem mesada!!!! Ou o terrorismo financeiro das agências de rating...

Lembram-se daquilo a que o sistema financeiro agora chama de "activos tóxicos"? Estavam avaliados com AAA!
Lembram-se da crise financeira do Dubai? As agências de rating devem ter sabido dela pelos jornais!
A Islândia? Excelente nota!
A verdade é que estas agências são independentes dos Estados, mas dependentes de muitos interesses financeiros...
Outra verdade é que continuam a fazer as suas projecções com base em modelos que dificilmente conseguem adequar-se a uma realidade sempre em mudança e de grande volatilidade...
Portugal? A ameaça era de cortes do rating se o PEC não fosse "a doer", mas também se não fosse de aposta no crescimento! Resumindo: fosse o PEC em que direcção fosse o corte viria!
Resta ainda tentar perceber qual é a posição na escala de rating em que estamos...
É que nós que vivemos na pele a miséria franciscana deste país até devemos ficar admirados com a nossa passagem de AA para AA- que é mais ou menos passar de nota Bom para Bom menos...
Claro que tudo isto veio mesmo a calhar a um governo que em campanha eleitoral prometeu o que não podia - não aumentar os impostos!

1 comentário:

jorge-eo disse...

Há vários anos que o crescimento é baixo e a despesa pública é alta... mas ouvindo a comunicação social não há qualquer paralelo com a definição que aparece na escala sobre a "nota" de Portugal...