Business Intelligence - Há relação entre fraldas e cerveja?

Recentemente chamaram-me a atenção para um post interessante sobre Business Intelligence aplicado a PME's.

 De facto, estas empresas tendem a temer os custos,  os longos períodos de desenvolvimento e implementação  das ferramentas de Business Intelligence. Normalmente também não há a "pessoa" que lidere esta questão desde o briefing à leitura dos resultados e obtenção de "insights" de interesse estratégico.

Neste domínio dou como exemplo de uma ferramenta CRM muito versátil, o Sugar CRM,  trabalhada em Portugal pela DRI, com processos desenvolvimento e implementação muito ágeis. O "cloud computing" oferece já algumas ferramentas que, com licenças de baixo custo, apresentam soluções de informação a 360º


Da "navegação à vista" à "falácia dos números" há a distância do bom senso e o tal inesperado mito urbano atribuído ao  Walmart que da análise de dados descobriu uma correlação específica nas 6ª-feira à tarde entre a compra de fraldas compradas por homens que, ficando com os filhos (mais) ao seu cuidado, se auto-premiavam com um 6pack da sua cerveja favorita... O que permitiria acções de ponto de venda, no mínimo inesperadas... ;)


A moral da história é que em cada uma destas PMEs há, à distância de um projecto de uma relativa rapidez e baixo custo, um manancial de informação (que a concorrência pode estar a analisar) susceptível de perceber onde estão as tendências, as oportunidades de desenvolvimento e inovação em produtos ou processos...

2 comentários:

Ana Castro disse...

Finalmente vim ao teu blogue. Aborda temas muito variados, interessantes e desafiadores. Gostei e vou voltar.
bjs

Ana Castro disse...

Finalmente vim ao teu blogue. Aborda temas muito variados, interessantes e desafiadores. Gostei e vou voltar.
bjs